Visita para poderes saber mais sobre mim ;)

sábado, 30 de julho de 2016

Vem, orgasmo! 12 ideias para chegar ao clímax mais rápido

Infelizmente, não existe um botão mágico que fabrique orgasmos. Mas não fique desapontada: nossas irmãs francesas do aufeminin entregam dicas muy calientes e eficazes para você alcançar o paraíso sem sair da cama (ou do chão, do chuveiro, do carro...).

Top Acompanhante Porto Portugal Orgasmo

De olho na posição das pernas


Sabia que a forma como elas estão posicionadas pode ajudar você a chegar lá? Para algumas mulheres, o segredo é abrir bastante as pernas. Para outras, mantê-las juntas enquanto ocorre a penetração é a melhor alternativa. Tudo o que você tem de fazer é conhecer seu corpo e as sensações que ele proporciona – feito isso, o caminho para o prazer torna-se muito mais curto!

Respire

Fisicamente, o orgasmo é uma série de contrações musculares rítmicas e, para atingi-lo, é necessário que os músculos estejam suficientemente oxigenados. Mas, ao sentir prazer, muitas mulheres “bloqueiam” a respiração, o que impede que a excitação evolua até chegar ao clímax. Simples: por mais que você esteja subindo pelas paredes de tesão, não se esqueça de respirar!

Mexa-se!

Não espere que o prazer venha até você. O melhor é se envolver, participar, ir pra cima, sabe? Caso contrário, fica mais difícil descolar alguns orgasmos. Quem tem dificuldades e se sente meio “dura” pode apostar em aulas de dança do ventre, por exemplo. É tiro e queda para conquistar flexibilidade.

O casal deve se comunicar

A trilha percorrida até chegar à orgasmolândia não é apenas uma questão mecânica e do corpo. Ela também é, obviamente, relacionada à excitação emocional. Para tal, o que pode ser melhor que extravasar o prazer com palavras? Peça ao seu par para verbalizar suas sensações ao pé do ouvido e faça o mesmo. Garantimos: esse é um ótimo estímulo!

Simule para aumentar a excitação

Não é para fingir orgasmos. Mas adicionar um pouco mais de “emoção” durante o rala e rola pode ser quente o suficiente para chegar aos céus muito mais rápido. Se você já está com tesão, demonstre-o com barulhos, gemidos & afins.

Defina o ritmo

Há quem prefira movimentos rápidos, mas há também quem adore um “vai e vem” lento e constante. Certifique-se de que você e seu par estejam totalmente sintonizados. Para isso, é essencial que compartilhem o que mais agrada cada um - assim, todos saem ganhando!

Estimule o clitóris

Apenas 30% das mulheres afirmam conhecer o orgasmo vaginal. Entre elas, 50% dizem precisar de estimulação no clitóris para gozar – e não há absolutamente nada de errado nisso! Ele é o órgão-chave do prazer feminino e você deve aproveitar ao máximo os ~benefícios~ que oferece.

Seios acariciados = sucesso!

Peça para o(a) parceiro(a) acariciar seus seios, especialmente ao redor dos mamilos. Esse estímulo favorece o transporte da oxitocina no sangue, o hormônio responsável pelo orgasmo. Isso não só vai levar você ao êxtase num vapt-vupt como seu(sua) gato(a) também.

Fortaleça o períneo

Se seus músculos são lentos, eles farão um grande esforço para responder à excitação, dificultando a chegada do orgasmo - a não ser que a estimulação seja muito intensa e longa. Logo, é importante tonificar o períneo (músculos que sustentam os órgãos pélvicos), contraindo-o e relaxando a região repetidas vezes.

Fantasie

Durante a transa e até mesmo no dia a dia, crie o hábito de mentalizar fantasias sexuais que gostaria de realizar. Assim, seu cérebro torna-se mais receptivo ao prazer. Se você não tem o costume de fazer isso, tente ler alguns livros eróticos para os termômetros subirem.

Sem comentários:

Enviar um comentário